Confira os alimentos que vão te ajudar a se livrar da prisão de ventre!

O assunto pode até ser considerado tabu, mas tem uma importância incontestável na saúde física e até no bem-estar emocional: o funcionamento do intestino depende principalmente da qualidade de alimentação e, atualmente, o número de pessoas que sofrem com a prisão de ventre só aumenta.

As estatísticas apontam que a cada três mulheres, duas sofrem com a constipação e outros problemas intestinais, mas o problema não é exclusivo do sexo feminino. Quer saber mais sobre os sintomas e principalmente como prevenir a prisão de ventre? Confira:

Prisão de ventre: sintomas e consequências

Afinal de contas, o que é prisão de ventre? O transtorno não se refere apenas à dificuldade de evacuação, mas também inclui a dificuldade na digestão, diminuição do metabolismo e endurecimento das fezes. Porém, para diagnosticar a prisão de ventre, os médicos utilizam dois fatores:

Dores e incapacidade de evacuar também estão relacionadas à constipação, que é causada principalmente pela má qualidade da alimentação, pobre em fibras ou água. O excesso de conservantes e as refeições compostas por alimentos industrializados também afetam o organismo e agravam o problema.

Entre as principais consequências da prisão de ventre, estão:

  • falta de disposição e vitalidade;
  • cansaço excessivo;
  • queda de cabelos;
  • aparecimento de espinhas;
  • unhas quebradiças;
  • excesso de gases;
  • mau humor.

Como prevenir a prisão de ventre

A melhor estratégia para afastar a constipação é investir em uma alimentação natural e balanceada, caprichando principalmente na dupla fibras + água, que estimula o funcionamento do intestino, aumenta a massa fecal e melhora o trânsito intestinal.

Se você sofre com constipação ou prisão de ventre, existem alguns alimentos que devem fazer parte do cardápio com frequência para se livrar do problema e garantir a saúde do intestino. Confira:

Abacate

O abacate é rico em gorduras monoinsaturadas, com propriedades levemente laxativas — auxiliando na lubrificação das fezes e auxiliando o ato da evacuação. Duas a três colheres de sopa algumas vezes por semana são suficientes para obter esse efeito.

Ameixa

A fruta é constantemente associada à regularização do intestino e, por isso, pode ser consumida todos os dias (duas ameixas frescas ou quatro ameixas secas são a porção ideal). Rica em sorbitol, uma substância responsável por acelerar o trânsito intestinal, ela contém também uma grande quantidade de fibras insolúveis.

Aveia

A aveia contém uma grande quantidade de fibras solúveis, além de proteínas e sais minerais. Em contato com a água, as fibras impedem a absorção de gordura em excesso e facilitam a movimentação do bolo fecal pelo intestino, prevenindo a prisão de ventre.

Linhaça

A linhaça contém fibras dos dois tipos: solúveis e insolúveis. Por isso, ela pode ser uma ótima aliada da saúde intestinal, prevenindo a prisão de ventre e até mesmo as hemorroidas. Uma colher de sementes de linhaça trituradas, acompanhadas de frutas ou iogurte, contribui para o bom funcionamento do intestino.

Mamão

Outra fruta constantemente associada à prevenção da prisão de ventre, o mamão contém uma substância (a papaína) que ajuda na digestão e contribui para a absorção dos nutrientes. Pode ser consumido diariamente, de meia a uma unidade.

De forma geral, calcula-se que a quantidade ideal de fibra a ser ingerida varia entre 20 a 30 gramas diárias — uma quantidade muito acima da média para a maioria da população.

Porém, não basta aumentar a ingestão de fibras e se esquecer de beber bastante água: ela ajuda na digestão das fibras e evita o ressecamento do bolo fecal, facilitando o trânsito intestinal e prevenindo a prisão de ventre.

E se quiser continuar recebendo nossas dicas e informações sobre saúde e qualidade de vida, curta nossa página no Facebook!

Publicado por primeiro em Gastroclínica Cascavel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

R. Belo Horizonte, 2607 - Alto Alegre, Cascavel - PR, 85805-020

Ligue agora:

Ligue agora:

(45) 3036-1000

Envie um email para

Envie um email para

faleaqui@genesishospital.com.br